sexta-feira, dezembro 6

É justo comparar livros com suas adaptações para as telas?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

É comum compararmos grandes obras do cinema com seus respectivos livros; e por vezes é dito que os livros são superiores. Todavia, diversas obras, como Sword Art Online, se tornam ainda mais populares quando passam por essas adaptações, e as vezes ficamos sem saber se acompanhamos livro ou série.

Mas será que é justo comparar livros com suas adaptações para as telas?

Livro ou série?

A verdade é que uma série de TV ou um filme envolve mais “passos” para estar finalizada. Precisa ser pensado em sua adaptação de roteiro, em seu figurino e na fotografia. Não é tão simples juntar todos esses pontos e obter uma obra coesa, que converse consigo mesma e funcione.

Enquanto que o livro depende muitas vezes do esforço de poucas pessoas (por vezes apenas de um escritor), as adaptações para telas depende de muitas, desde os atores, até roteiristas, câmeras, CGIs, figurinistas… enfim, deu pra entender não é?

Além disso, é comum algumas obras, até mesmo quando originais, se perderem em algum ponto, se tornando decepcionantes. Um bom exemplo é Thor: O Mundo Sombrio.

É evidente que nem todos seguirão a mesma qualidade. Então, em minha opinião, comparar as duas coisas soa meio injusto. É desproporcional.

Existem sim obras primas, como Senhor dos Anéis, que conseguem passar a mensagem dos livros perfeitamente para as telas. Não é atoa os 17 Oscars que essa saga recebeu, dentre os 30 para os quais foram nomeados.

Aliás, uma nova série ambientada no mundo de Senhor dos Anéis está por vir pela Amazon, e esperamos que seja tão boa quanto a primeira trilogia dos filmes. O que nos resta é aguardar.

No fim, tudo depende

Quando a adaptação para as telas ultrapassa o seu livro adaptado as coisas tendem ao pior. Isso fez com que Game of Thrones ficasse com notas extremamente baixas em sua última temporada.

Por vezes os livros carregam em suas páginas a alma de seu escritor, e quando ele é adaptado, perde parte dessa essência, ainda mais quando o roteiro foge completamente de algo que o escritor faria na obra original.

Na verdade não considerei Game of Thrones tão ruim. Como disse, perdeu a essência do George Martin nas últimas duas temporadas, que não tiveram livros para se basear, mas ainda assim se manteve como melhor série até hoje para mim.

Então se me perguntar “Livro ou série?”… depende. O livro sempre conterá mais detalhes, mas a série é bem mais visual. Eu sempre penso em todos os pontos abordados aqui antes de dar um “ultimato” nessa questão.

 

Compartilhe:

Sobre o autor

Jean Virginio Rocha, 22 anos, formado em design gráfico, trabalhando como programador front-end. São Paulo - SP. Como um amante da cultura pop e principalmente de animes, resolvi criar o Pixel Nerd para expôr minhas opiniões e comentar as atualidades desse maravilhoso universo. Myanimelist: https://myanimelist.net/animelist/Kamizero

Deixar uma resposta