quinta-feira, junho 17

Análise – Tate no Yuusha no Nariagari – Episódio 10 – No meio da confusão

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O que estão achando do Herói do Escudo até  agora? Vamos seguir para a análise de Tate no Yuusha episódio 10.

Apesar de notar um certo descontentamento com a série dos últimos episódios para cá, ainda acho um excelente anime. Enfim, talvez por ter 25 episódios não possui pressa nenhuma em desenvolver seus mistérios, então não vamos nos precipitar.

Sente-se e aprecie!

Calmaria antes da tempestade (de novo)?

O episódio 10 de Tate no Yuusha age como um preparativo para os acontecimentos do próximo episódio. Aparentemente será uma nova “onda” de ataque de demônios e promete apresentar uma nova vilã. Temos um episódio que desenvolve bem os personagens, seja o Naofumi e seus amigos, quantos os de mais. Mostra bastante do cotidiano e novamente joga novos mistérios no ar.

Começamos diretamente de onde a história havia terminado. Naofumi rejeita ouvir o que Melty tem a dizer e a trata de forma fria, mesmo que isso chateie Filo. Descobrimos que a princesa estava sob comando da Rainha que a enviou para tentar recuperar a relação da coroa com o Herói do Escudo.

Até então não sabemos os motivos dessa Rainha, seria por beneficio próprio?

Quem é essa Rainha?

Ainda na loja de Eilhart, finalmente descobrimos quem era o guarda real que perseguiu Naofumi no episódio anterior. Um grupo de soldados que vieram do Vilarejo de Lute ao saber que o Herói do Escudo havia retornado à capital e decidiram que iriam juntar-se a sua party, como forma de agradecer pela proteção da Vila. O Herói do Escudo, nosso eterno anti-herói, pede que o grupo compre um item sobressalente por 150 moedas de prata, o que seria um valor considerado alto nesse mundo, para entrar em seu grupo.

Trabalhar para melhorar essa classe aí

A cada episódio somos apresentados a novos elementos desse mundo, o que ainda é um dos principais motivos de Tate no Yuusha continuar sendo interessante. Esse universo criado é extremamente bem desenvolvido, claro que pelo apresentado somente no anime, até por que a light novel deve trazer ainda mais detalhes. Nesse episódio somos apresentados ao sistema de classes, o que lembra muito a maneira que os RPGs eletrônicos trabalham.

Me da um jogo desse anime!

Então, Eilhart revela que Raphtalia e Filo atingiram o level máximo e que suas classes deveriam evoluir para continuar upando o nível, Naofumi então descobre que a classe só poderia evoluir na Ampulheta do Dragão. Dentro da capital é bem visível o nível de detalhamento dos cenários, mostrando os ornamentos da igreja ao longe, e até mesmo fora da cidade, o anime consegue encantar com os diferentes locais apresentados.

Devo admitir que temos várias repetições das narrativas de história, seja do Herói da Lança aparecendo como um vilão, o relacionamento entre Naofumi e as meninas de sua party e também das injustiças desferidas pelo Reino em cima do Herói do Escudo, o que em certo modo torna o desenvolvimento um pouco maçante, visto que temos tantos outros personagens e acontecimentos para desenvolver.

O Herói do Romance

Nesse episódio vemos novamente o desenrolar “romântico” entre nosso protagonista e Raphtalia. Naofumi revela sua intenção de ir em bora desse mundo assim que cumprir sua missão, o que acaba por afetar a demi-humana, que demonstra a intenção de não abandonar seu mestre. Curioso para saber como essa parte da história irá se desenrolar!

Alguém abraça a Raphtalia T-T

Parece que não temos somente um País

Naofumi é impedido pelo Rei de evoluir sua classe dentro da Igreja, o que não foi surpresa nenhuma. Ele então recorre ao mercador de escravos e, apesar dele não conseguir evoluir a classe de suas companheiras, da uma dica muito importante de como poderá fazê-lo. Existem outros países nesse mundo, com outras Ampulhetas do Dragão. Porém nossa party não conseguiria chegar nesses outros países antes da próxima “onda” chegar.

Novamente somos apresentados a um novo elemento desse mundo, e devo dizer que esse universo me encanta cada vez mais. Ficamos sabendo que existem países adjacentes ao que o Herói se encontra, inclusive países de demi-humanos, o que acaba levantando diversas outras questões: a “onda” afeta esses outros países? Como pode haver escravos demi-humanos com um país só deles ao lado? Fico me perguntado se há alguma guerra ou conflito por causa disso.

Tate no Yuusha ainda tem muito a nos mostrar!

Limpando a merda… De novo

Logo depois, Naofumi compra novos itens e parte para outras quests, se preparando para a onda que está por vir. Acho que a evolução de classe ficará para uma próxima, infelizmente. Finalmente ficamos sabendo o que o Herói do Arco andava fazendo.  E se você apostou que ele estava fazendo merda, acertou!

O Herói do Escudo novamente precisa limpar a bagunça de uma quest inacabada de outro Herói. E assim como Ren e Motoyasu, Itsuki demonstra ver aquele mundo apenas como um jogo a ser “zerado”. O Herói do Arco se junta a revolucionários para destronar um ditador que cobrava altos impostos, o que acaba afetando negativamente diversas cidades, posto que esses revolucionários acabaram cobrando impostos tão altos quanto.

Quem é o Herói do Infortúnio mesmo?

Após Naofumi distribuir comida para a cidade afetada pelas ações de Itsuki ele retorna para a Capital. Finalmente é revelado a repercussão dos atos do Herói do Escudo. Dentro da taverna nosso protagonista se depara com os Heróis da Espada e do Arco, discutindo que há alguém roubando as recompensas de suas missões.

Resumindo, eles acusam Naofumi de ser o impostor que está pegando as recompensas. O que não é mentira, mas pelo menos eles descobrem as razões por trás. Ren é o quem fica mais afetado ao descobrir que suas ações estavam matando pessoas. Ainda que esses outros personagens não reconhecem como seus atos afetam esse mundo.

Pelo menos reconhece a merda!

A próxima “Onda”

Acho os outros personagens muito interessantes, até mesmo o Herói da Lança. Gostaria muito de ver o desenvolvimento deles além do que é apresentado na série. Apesar de tudo não gostaria que eles fossem apenas ornamentos para a evolução de Naofumi.

Finalizamos o episódio com um gancho. Teremos uma nova “onda” de ataques e ao que parece uma nova vilã irá surgir. Dessa vez nosso Herói não estará apenas com Filo e Raphtalia. O grupo de soldados consegue trazer o dinheiro solicitado por Naofumi, que os fazem comprar melhores equipamentos.

O próximo episódio vai ser épico *-*

Curioso para ver o desenrolar do próximo episódio!

 

8.0 Bom

Tate no Yuusha continua caminhando a passos de bebê, mas podemos prever um incrível salto de desenvolvimento no próximo episódio. O anime consegue encantar pelo nível de detalhamento e elementos apresentados. Vamos esperar que não decepcione no final.

  • 8
  • Nota dos usuários (2 Votes) 4
Compartilhe:

Sobre o autor

22 anos, formado em Propaganda e Marketing. Assistente de Conta em uma Agência de Publicidade. São Paulo - SP. Apreciador da cultura nipônica, além dos animes e mangás tenho vários hobbies como fotografia, escrever e games. PLUS ULTRA!

Deixar uma resposta